Tv Brasil (336)
24.Dez.2016

Nova temporada de Sésamo

A maratona da nova temporada da série Sésamo vai ao ar no domingo (25), às 14h e conta com participação de celebridades como Palmirinha, Chico César, Gaby Amarantos, Gregório Duvivier, Fernando Fernandes, Emicida, Céu, Negra Li, Jair de Oliveira, Tânia Khalil, Bela Gil, Maria Fernanda Cândido e MV Bill.

No primeiro episódio, o convidado é o escritor de literatura infantil Ilan Brenman. Novos personagens também integram o elenco de Sésamo, como o comilão monstro azul, chamado de Come Come.

Serviço – Maratona Sésamo (Nova temporada com todos os episódios), domingo (25), a partir das 14h (horário e Brasília), na TV Brasil.

23.Dez.2016

Convidados especiais no Partituras

O protagonismo juvenil nas apresentações da Orquestra de Cordas da Grota e do conjunto de violinos Os Pequenos Mozart promete embalar o programa Partituras na noite de Natal, no sábado (24), às 23h30.

Fundada em 1995, a Orquestra de Cordas da Grota tem uma trajetória que conquistou o respeito da crítica especializada e do público. Hoje, o grupo – que conta com uma agenda regular de apresentações, inclusive internacionais –, gravou disco e amplia sua atuação com o investimento na profissionalização de seus músicos.

O conjunto de violinos Os Pequenos Mozart é formado por crianças de 3 a 13 anos que se vestem com roupas da época do grande compositor Wolfgang Amadeus Mozart. Eles tocam desde clássicos natalinos à música popular brasileira. A trupe realizou concertos no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Sala Cecilia Meireles, em diversas cidades brasileiras e no exterior.

Já no dia 1º de janeiro, domingo, ao meio-dia, o Partituras abre a temporada 2017 com a harpista Cristina Braga. A artista utiliza o instrumento em ritmos como o samba, o jazz, o rock e a bossa-nova. Na conversa com a apresentadora Sofia Ceccato, ela ressalta a proximidade da música clássica com outros estilos e revela seu talento como cantora e compositora. A harpista ainda executa músicas de sua autoria e composições do novo disco.

Serviço – Programa Partituras, sábado (24), às 23h30 (horário de Brasília), na TV Brasil.

23.Dez.2016

Emissora entra no ritmo de Todas as Bossas

Na noite de Natal, no dia 24, às 22h30, a TV Brasil estreia o programa musical Todas as Bossas, atração semanal de shows que mostram a diversidade de cantos, ritmos e sotaques do país.

A ideia da produção é percorrer a variedade dos gêneros que formam o repertório nacional: da MPB ao axé, do samba ao rock, do romântico ao experimental. São gravações próprias em estúdio ou Unidade Móvel e produções de emissoras parceiras da Rede Pública de Televisão (RPTV).

A primeira edição recebe um dos mais tradicionais grupos de choro do Brasil, o Conjunto Época de Ouro. Nesse especial, os artistas interpretam clássicos da música instrumental de ícones como Pixinguinha, Garoto, Ernesto Nazareth e Jacob do Bandolim, fundador do grupo.

No espetáculo – gravado no estúdio da emissora, no Rio de Janeiro –, o sexteto conta com a participação do percussionista Celsinho Silva. A apresentação tem foco na criatividade e na improvisação de grandes temas do choro e da MPB.

Serviço – Musical “Todas as Bossas”, sábado (24), às 22h30 (horário de Brasília), na Tv Brasil.

23.Dez.2016

Espetáculo Pixel

O balé Pixel é a atração da TV Brasil na véspera da noite de Natal, sexta (23), às 22h, em um espetáculo que une coreografias ousadas com projeções digitais em 3D. A apresentação mistura a linguagem do hip-hop com elementos de circo, artes marciais, artes plásticas e dança contemporânea.

Durante pouco mais de uma hora, os 11 bailarinos da companhia contracenam com as projeções em 3D, criando efeitos impressionantes no palco, e dando ao público a sensação de não saber distinguir a realidade do mundo virtual. No espetáculo, as imagens digitais ganham corpo e volume, num cenário virtual em que chove, neva e o palco fica ondulado.

Pixel (sigla para a menor unidade de uma imagem digital) é um enorme sucesso desde sua estreia, em 2014. Este ano, a montagem veio ao Brasil e fez turnê por seis cidades brasileiras. A exibição que vai ao ar na TV Brasil foi gravada durante a passagem da companhia pelo Rio de Janeiro, no Theatro Municipal.

Serviço – Especial Espetáculo Pixel, sexta (23), às 22h (horário de Brasília) e no dia 1º de janeiro, domingo, às 19h30 (horário de Brasília).

16.Dez.2016

A luta continua, uma memória em 12 rounds

Em 1968, o Brasil recebeu sua única me­dalha olímpica no boxe até hoje. O autor da façanha foi Servílio de Oliveira, ganha­dor do bronze.

Esse documentário procura desvendar o homem por trás da medalha e mostrar toda a sua emocionante saga para dispu­tar os Jogos Olímpicos no México.

Ano: 2012

Duração: 26 minutos

Diretor: Renata Sette Aguilar

Gênero: documentário

Serviço: Memória do Esporte Olímpico Brasileiro,  sábado (17), às 12h30 (horário de Brasília), na TV Brasil.

15.Dez.2016

Besame Mucho

Filme relata a trajetória de dois casais de amigos ao som da música que lhe dá nome

Besame Mucho mostra a trajetória dos casais de amigos Xico e Olga e Tuca e Dina. As relações desses casais são mostradas como um retorno ao passado, compassagens desde os sonhos de adolescência às frustrações da maturidade. Eles se conheceram numa cidadezinha do interior paulista, mas um dos casais decide tentar a sorte na cidade grande.

Esse retorno mágico e realista no tempo descreve a amizade entre dois homens, que viveram a alegria dos anos 60, o desencanto dos anos 70 e a queda dos anos 80. Um retorno que, no final, chega às causas que fizeram dos personagens o que eles são: o namoro com as duas garotas, ingênuas e simples, ao som da música que dá nome ao filme.

Baseado em peça homônima de Mário Prata, o filme recebeu o prêmio de Melhor Filme do Festival Ibero-americano de Hueva e os Kikitos de Melhor Figurino e Melhor Roteiro no Festival de Gramado.

Ano: 1987

Direção: Francisco Ramalho Jr.

Elenco: José Wilker, Antônio Fagundes, Glória Pires, Christiane Torloni, Giulia Gam, Paulo Betti, Isabel Ribeiro, Iara Jamra, Vera Zimmermann, Linda Gay, Wilma Aguiar, Sylvio Mazzuca e sua orquestra

Produção: Francisco Ramalho Jr. e Hector Babenco

Fotografia: José Tadeu Ribeiro

Trilha Sonora: Wagner Tiso

Gênero: Drama

Nacionalidade: Brasil

Duração: 108 min.

Classificação Indicativa: 16 anos

Serviço: Cine Nacional, quinta (15), às 22h (horário de Brasília), na TV Brasil.

15.Dez.2016

Nosso próprio tempo

Caminhos da Reportagem conversa com jovens para tentar entender como essa geração se relaciona e quais são suas percepções sobre os estudos, o trabalho, a vida.

É difícil definir a juventude... A pesquisadora do Fundo de População das Nações Unidas, Anna Cunha, pondera: “será que um jovem branco de classe média urbana tem a mesma experiência, as mesmas oportunidades que uma jovem negra de periferia?”.

Ainda assim, algumas características são comuns. Esses jovens querem autonomia, liberdade para criar, se relacionar e trabalhar. São imediatistas, ansiosos, participativos e têm uma maneira própria de lidar com as questões políticas, por exemplo. De forma geral, foram foram formados por famílias mais acolhedoras e valorizam o compartilhamento e as experiências. No Brasil, representam ¼ da população, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e vivem, principalmente, nas áreas urbanas. A escolaridade aumentou, em relação à geração anterior, mas ainda assim, apenas 16% chegam ao ensino superior.

Mesmo tendo seu próprio tempo, uma geração não se define somente pela idade, mas também pelo contexto social, histórico e político que a compõe. “Nós nunca vamos ter uma geração completamente diferente da outra geração anterior, porque a geração hoje que tem entre 15 e 29 anos, por exemplo, ela também convive com os pais, com os avós, com pessoas de outras faixas etárias. Então, ela também é influenciada por essas outras gerações, assim como os mais velhos também são influenciados pelos mais novos”, explica Wivian Weller, professora da Universidade de Brasília (UnB).

Hoje, no entanto, os jovens priorizam a satisfação pessoal, ao contrário de seus pais, que são de uma geração que trabalhava em busca de segurança financeira. Procuram empresas que investem em bem-estar e no crescimento dos funcionários ou preferem trabalhar por conta própria, como fez o designer e artista visual Mauro Martins. Depois de passar por estúdios e agências de publicidade, Mauro decidiu trabalhar em casa, por conta própria. “Como funcionário eu tinha que trabalhar da forma que a empresa acreditava que era o jeito certo. Então eu percebi que muitas vezes eu me sentia frustrado porque eu não me sentia aproveitado como eu poderia ser. Eu sentia que eu tava me adaptando demais e fazendo de menos o que eu podia fazer de melhor”, conta.

Para o filósofo e escritor Mário Sérgio Cortella, a sociedade fica marcada pelo tipo de jovem que ela tem hoje e pelo que ele poderá fazer no futuro. “Se nós formarmos gerações que tenham uma capacidade de decência, de competência, né, de vida coletiva, de solidariedade, de inventividade, de inovação, nós teremos uma sociedade que não envelhece, ela apenas vai no tempo. Mas, uma sociedade que castra, sequestra a palavra, a percepção dos seus jovens, ou, por outro lado, os deixa soltos, os deixa indisciplinados, essa sociedade terá como resultado mais adiante a fragmentação da capacidade de vida coletiva e de sucesso”, afirma.

Reportagem: Mariana Fabre

Produção: Mariana Fabre e Beatriz Abreu

Apoio à produção: Aline Beckstein (SP) e Vanessa Casalino (SP)

Edição de texto: Francislene de Paula e Suzana Guimarães

Imagens: André Pacheco, Sigmar Gonçalves e Rogério Verçoza

Auxílio técnico: Edivan Viana, Alexandre Souza e Dailton Matos

Apoio às imagens: Eduardo Viné (SP), Leandro Oliveira (SP), William Sales (SP) e Wladimir Ortega (SP)

Edição de imagens e finalização: Henrique Corrêa

Arte: Dinho Rodrigues e Antonio Trindade

Serviço: Caminhos da Reportagem, quinta (15), às 20h30 (horário de Brasília), na TV Brasil.

13.Dez.2016

O programa Expresso Sul retrata manifestações culturais de países-membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), como Brasil, Argentina, Colômbia, Equador, Uruguai e Bolívia.

No Expresso Sul desta semana, você vai ver que em Ushuaia, a cidade mais ao sul da Argentina, a cada ano é realizada a Festa Nacional da Noite mais Longa. A celebração gira em torno de dois elementos característicos: o gelo e a neve. Além dos bonecos clássicos e das batalhas com bolas de neve, é apresentada a arte de escultores que se expressam neste ambiente climático tão particular com obras monumentais feitas com ambos elementos.

Série de 36 documentários, o Expresso Sul  é um projeto cultural implementado pelo Fundo de Iniciativas comuns da Unasul e, no Brasil, a veiculação da série fica por conta da TV Brasil.

Expresso Sul apresenta tradições festivas regionais a partir de histórias curtas, que retratam as celebrações dos povos. A série evidencia riquezas populares, artísticas e patrimoniais da América do Sul. Cada país foi reponsável por produzir seis programas de meia hora cada, retratando três celebrações locais.

 

 Serviço - Expresso Sul, terça (13), às 21h30 (horário de Brasília), na Tv Brasil.

 

Comente e participe, ajude-nos a deixar nossa tv pública cada vez mais sua